‘Prioridade é acompanhar a evolução dos atletas’

Jampa Leibholz elogia grupo e diz que trimestre serviu de ‘preparação intensa’

 

Três meses após iniciar a fase de preparação, a equipe piracicabana Chock Dee está próxima de estrear na temporada 2018. O primeiro desafio será o Campeonato Paulista de Kickboxing, que está agendado para o dia 7 de abril, em Cubatão. Jampa Leibholz, que dirige o grupo, está confirmado em três modalidades: full contact, kick light e light contact. A prioridade, porém, é acompanhar a evolução dos atletas que irão estrear na competição estadual.

“O trimestre foi positivo em relação aos treinamentos. Não disputamos competições, mas o trabalho tem sido feito em ritmo intenso e o pessoal está dedicado. Estamos iniciando um projeto com meninos que nunca lutaram, então o trabalho é desenvolvido pensando na estreia deles”, afirmou Jampa, que garante não ‘aliviar’ para os pupilos. “Eles estão treinando para competição todos os dias. O estresse acontece aqui. Na hora de competir, será mais tranquilo (risos)”, completou.

O treinador aponta como destaque o atleta Bruno Rugue. “É um menino que tem potencial, uma base forte e estamos lapidando ele. A ideia é colocá-lo para lutar no kick light (kickboxing), iniciando pelo tatame”, contou.

As outras promessas trabalhadas pelo técnico são mais experientes. Elton Pereira retorna após um período de inatividade, assim como Paulo Henrique Camolesi. “O Elton está voltando, é um cara que vai dar o que falar. Ele está invicto, mas precisou parar um pouco. Agora é focar. O Paulo está na reta final de preparação para um campeonato difícil como é o Paulista e em uma modalidade nova (low kicks)”, relatou o professor, que tem apoio da Gato Preto Cross-Fit e da Company Top Fight.

Perguntado sobre a própria programação, Jampa faz mistério. “É cedo para falar qualquer coisa. No momento, estou preocupado com os meus atletas. Eu sou treinador e depois lutador. Não sou um lutador que dá aula. A prioridade é cuidar dos meus meninos”, relatou o líder da Chock Dee, que ainda não definiu se tentará a vaga para o Pan-Americano de Cancún, no fim do ano. “Se for possível, eu vou buscar a classificação para Pan, mas não é prioridade. É um ano para desenvolver os nossos atletas”, completou.

2018-03-27T08:31:10+00:00

Horário de Funcionamento